Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

36 usuario(s) en línea (17 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 0
Invitados: 36

más ....

Licencia

Licencia Creative Commons

(1) 2 »
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas Brincando com a morte Eu passei toda minha vida brincado... Brincando de brincar brincando de estudar brincando de ser...
Enviado por  AJCardiais
el 27/12/2019 20:24:47
94 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas Morte: fim de um estágio Não choro por meus mortos... Não me descabelo, nem me desespero... Apenas sinto. Sei que a mor...
Enviado por  AJCardiais
el 28/10/2019 13:05:01
102 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas Nós não sabemos Nós não sabemos o que está em nossa sina. Nós não sabemos o que há por trás desta cortina,...
Enviado por  AJCardiais
el 18/10/2019 13:03:21
121 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas Caminhos da vida Tem tanta gente vazia por ai... Gente vivendo sem saber porquê ou pra quê. Gente querendo saber...
Enviado por  AJCardiais
el 5/6/2019 12:09:49
152 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas Quando a morte vier Quando a morte vier me levar, espero que ela me encontre feliz; de bem com a vida. Espero que el...
Enviado por  AJCardiais
el 10/8/2018 20:40:10
198 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
JoelFortunato Textos Um sonho de dadaist. Um sonho de dadaist. A morte que acompanha cada passo, a incerteza da chegada e do regresso - se...
Enviado por  JoelFortunato
el 7/7/2016 22:45:06
403 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
bebert Poemas -> Infantiles QUE SE JULGUEM OS CULPADOS Quatro mil mortos Sessenta mil feridos Esse senhor não tem remorsos De tantos jovens perdidos. ...
Enviado por  bebert
el 8/6/2016 9:23:12
538 Lecturas
2 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Sonetos O Sonho e a foice A minha realidade me deixa covarde, diante das coisas que tenho que enfrentar... Mesmo assim eu ...
Enviado por  AJCardiais
el 25/5/2016 11:29:53
424 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas -> Sociales Reviravolta Pegar nas armas, é armar o bote para o dia... O amanhã é a cota diária de sol, em sua vida. ...
Enviado por  AJCardiais
el 26/1/2016 11:47:58
500 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas -> Sociales Água - nosso tesouro O "bicho homem" para ter mais conforto, faz da vida um esgoto deixando o mundo torto. ...
Enviado por  AJCardiais
el 14/11/2015 11:34:56
543 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas Orgulho amoroso Cada um vivendo do seu lado. Cada um sofrendo calado. Cada um morrendo sufocado... Ninguém que...
Enviado por  AJCardiais
el 12/11/2015 19:50:37
497 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas -> Desilusión Morte em vida Vivo me iludindo para continuar vivendo... Mas por trás da ilusão, acreditem: estou morrendo. ...
Enviado por  AJCardiais
el 24/9/2015 12:46:45
545 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Sonetos Exercícios e treinos Tudo assim... Sem assunto. Tudo assunto breve. Uma palavrinha leve, tentando chegar junto. O cra...
Enviado por  AJCardiais
el 18/9/2015 14:06:39
499 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas -> Sociales Sociedade desalmada Sou um ser muito sensível... E ser sensível é horrível, no meio desta Sociedade desalmada. V...
Enviado por  AJCardiais
el 7/6/2015 13:47:58
578 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas A humildade do chão Às vezes, nós precisamos cair para sentir a humildade do chão... Nós pisamos nele e nunca pe...
Enviado por  AJCardiais
el 2/6/2015 12:27:51
482 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas Amiga morte Não sei como a morte irá me levar... Se eu tiver sorte, ela me levará dormindo. Aí morrerei s...
Enviado por  AJCardiais
el 20/2/2015 12:16:48
508 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas Caminhos da Vida Tem tanta gente vazia por ai... Gente vivendo sem saber porquê ou pra quê. Gente querendo saber...
Enviado por  AJCardiais
el 29/1/2015 13:16:14
502 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas -> Reflexíon Morte: Sorte e Azar Não tenho medo da morte, mas tenho medo de como ela virá. Se ela vier sem eu esperar, estarei c...
Enviado por  AJCardiais
el 12/7/2014 12:46:11
667 Lecturas
0 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas -> Desilusión Sempre de Partida A qualquer momento posso ir embora... Estou sempre de partida. Talvez nem dê tempo para despedid...
Enviado por  AJCardiais
el 3/7/2014 0:57:19
882 Lecturas
1 Comentarios
Poemas del mismo poeta
offline
AJCardiais Poemas -> Infantiles Quem Será o Culpado? Meu gato morreu envenenado... Quem será o culpado? Será o vizinho, pois cria passarinho? Será...
Enviado por  AJCardiais
el 19/5/2014 1:00:51
616 Lecturas
0 Comentarios
(1) 2 »

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente