Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

24 usuario(s) en línea (15 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 0
Invitados: 24

más ....

Licencia

Licencia Creative Commons

Textos : 

GORDO ROXO

 
GORDO ROXO
 
 

GORDO ROXO


A campainha toca. O gordo manda o amigo entrar.

Gordo – há quanto tempo! Entre, vamos tomar uma cervejinha.

Amigo – passei aqui pra lhe dar um alô. O que tem feito?

Ambos conversam sobre várias coisas por cerca de duas horas. O “amigo”, enxuto e bem apessoado, ouvindo do gordo que o seu estado depressivo é devido ao fato de não conseguir uma namorada, há mais de dezoito anos, por ser gordo - e vendo nisso um prato cheio - não perde tempo nem oportunidade e começa imediatamente a “consolá-lo”, com requintes de sadismo, dizendo em tom fraternal que o insucesso dele não se deve em absoluto à obesidade, pois gordura não tem nada a ver, que ele deve deixar de complexos pois o que importa mesmo numa conquista é a inteligência, a beleza interior, boa conversa, etc.

A esta altura o coitado do gordo que já está deprimido, além de gordo passa a ser também burro, espiritualmente desinteressante, papo furado, etc.

Esse “amigo”, achando que as mensagens contidas nas suas palavras, atingem e arrasam o alvo mas que o “reles” gordo não têm a menor capacidade de perceber sua “inteligentíssima” manobra, continua então o seu “consolo” (de uma perversidade que ele próprio acha ser sutilmente elaborada) falando – a título de encorajamento – dos seus próprios sucessos com o sexo oposto, atribuindo-os tão somente às qualidades advindas do seu belíssimo interior, tais como ausência de inibição, bom papo, etc.

A esta altura o enxuto e bem apessoado amigo da onça, está realmente com tudo! É dose mesmo pra elefante!

O “reles” gordo controlando a raiva tenta salvar alguma coisinha de si próprio:

- Amigo, a gordura não influi nem um pouquinho?... Se você fosse gordo?...

A resposta vem rápida e macia:

- Que nada... Que nada... Isso é coisa da sua cabeça.

Gordo – mas amigo... Com qualquer gordo o insucesso nesta área é o mesmo, não é muita coincidência?

Amigo (falando em tom de quem sentencia) – você mesmo é o culpado, fica pensando que vai ser rejeitado e aí se retrai.

Gordo (contendo a raiva) – todo gordo pensa isso então? Será por coincidência? E eu sempre ajo normalmente.

Amigo – você está com muita abobrinha na cabeça, deixe de sentimento de inferioridade, hoje à noite vá à danceteria – inaugurou uma ótima bem aqui perto de sua casa, você sabia? – e se esbalde, você vai arrumar milhões de namoradas e depois quem sabe... Uma passadinha no motel... Bem amigo, já está na minha hora, eu me despeço de você, felicidades, quero ver você arrasar hoje hein? Dê-me notícias.

Nessa hora o gordo, pouco faltando para estar completamente transtornado, fazendo um esforço insólito para manter as aparências, estando a ponto de “desbanhar” de vez, dirige-se ao “amigo”:

- Foi um prazer receber sua visita. Ah! Só mais uma coisinha; você ainda tem aquele problema de fezes ressecadas?

Amigo - nunca fiquei bom daquilo, ocorre de vez em quando, por que será?

Gordo – tenho uma solução fantástica para isso, tiro e queda, é dose única, acaba com as fezes ressecadas na hora e nunca mais ocorre de novo.

Amigo (bastante interessado) – funciona mesmo? Onde posso comprar?

Gordo – espere aí um instante.

Nesse momento o gordo vai lá dentro onde libera uma risada muito estranha, durante a qual, chega a ficar completamente roxo. Em seguida respira fundo, dali a pouco volta com uma caixinha cuidadosamente embrulhada para presente. Dentro, um supositório nuclear.

Guru Evald

 

Poeta
guruevald
Poeta guruevald
Poemas del mismo poetaMás poemas
Rss del poetaRss del poeta
EstadísticasEstadísticas
 
Poema
Fecha 12/9/2012 15:45:20
Lecturas 574
Favoritos 0
Licencia Licencia Creative Commons
Enviar a un amigoEnviar
Versión imprimibleImprimir
Crea un documento PDF con el poemaCrear un pdf
Recientes
O TEMPO E A CONVIVÊNCIA
O SEGREDO
PERGUNTAS E RESPOSTAS
"QUEM ESPERA DESESPERA"
O CINISMO DE UNS POUCOS...
Al azar
FILOSOFIA DE PAREDE DE BANHEIRO
MUITO MAIS DESELEGANTE...
UMA DIFERENÇA ENTRE O IDÓLATRA...
QUEM DORME SOBRE...
ALÉM DO MAQUIAVÉLICO...
Los usuarios son responsables de sus propios comentarios.

Autor Hilo
JoelFortunato
Enviado: 12/9/2012 16:08  Actualizado: 12/9/2012 16:08
Incondicional
Incondicional
Avatar
Conectado: 23/6/2011
Desde:
Envíos: 7677
Icon Re: GORDO ROXO
Guru Evald: Buen escrito, mensaje que invita a la meditación.

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente

2 meses a tu lado
caz_master
11/5/2012 4:22:07
MI PUEBLO
necoperata
3/11/2012 3:34:26
MI HOGAR
Starlight
26/9/2011 20:51:59
Tus lindos ojos
juank0905041
20/9/2013 17:14:33
Em Estado de Poesia
AJCardiais
12/8/2018 11:06:21
TU MIRADA...
RAMSHADY
19/7/2012 3:27:29
Quando a Morte Vier
AJCardiais
29/7/2018 23:13:55
DESCANSA EN PAZ...
Claudia
1/8/2012 23:59:35
A MI ESPOSA Y MADRE
joseferchozamper
13/5/2012 1:40:09
Me alegra haberte conocido
CaelumDraconis
24/7/2013 3:30:19