Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

35 usuario(s) en línea (23 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 0
Invitados: 35

más ....

Licencia

Licencia Creative Commons

Textos : 

A noite do incêndio

 



A noite do incêndio


Sketch em uma cena



Parte externa do palácio na Babilônia. Data: 612 a.C

Dois homens estão em frente ao palácio.

Homem I- Sabe, andam dizendo que a nossa cidade cairá. Uma mão misteriosa escreveu em uma língua totalmente diferente. Você acredita?

Homem II- Sim, e estou com medo. Esse rei não sabe administrar. Se Nabucodonosor ainda estivesse vivo, poderíamos ficar tranquilos. Ele sabia governar. Tinha mão forte, mas esse rei só pensa em banquetes e luxos. Ele é fraco.

Homem I- Acho que estão falando demais. Uma mão escrevendo uma língua diferente no banquete é incomum, mas pode ser um aviso dos deuses a nosso favor.

Homem II- A vida é estranha... Eu não gostaria de presenciar uma cena de batalha dentro da cidade.

Homem I- Nem eu. Bom, eu vou voltar para casa. Não gosto de ficar andando a noite. Até, meu caro colega.

Homem II- Até.


Os dois saem por caminhos diferentes. Um som de trombeta começa a soar. Barulho de espada e de luta dentro do palácio. Gritos e uma chama de fogo começa a sair do castelo. Alguns soldados saem do palácio ensanguentados e caem mortos. O rei sai do palácio com as vestes rasgadas.

Rei- Oh, meus deuses! Por que permitiram isso? Babilônia sempre foi grata aos vossos favores! Por que tudo isso? ( Cai no chão e começa a chorar. Ele vê uma faca no chão, arrasta-se até ela. Pega)- Não serei escravo ou prisioneiro( Corta a garganta e cai morto. Soldados invasores correndo com tochas nas mãos e colocando fogo no palácio).


O pano desce com gritos saídos do palácio.


Yo no soy un poeta, pensador, artista o cualquier otra persona que aman. Así que si mi escritura es que se puede llamar así, es sólo mía y de nadie más va a ir conmigo y cuando yo muera.

Poeta
wessouza
Poeta wessouza
Poemas del mismo poetaMás poemas
Rss del poetaRss del poeta
EstadísticasEstadísticas
 
Poema
Fecha 6/7/2012 23:42:00
Lecturas 517
Favoritos 0
Licencia Licencia Creative Commons
Enviar a un amigoEnviar
Versión imprimibleImprimir
Crea un documento PDF con el poemaCrear un pdf
Recientes
Insight perdido
35 haicais
Urano em Touro
Haikai 182
Haikai 181
Al azar
Haikai 130
(25)- Entre a vida e a morte, Dolores Cannon
Haikai 7
Haikai -7 ( quatro haikais à Arábia)
La tarde
Los usuarios son responsables de sus propios comentarios.

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente

2 meses a tu lado
caz_master
11/5/2012 4:22:07
Tus lindos ojos
juank0905041
20/9/2013 17:14:33
TU MIRADA...
RAMSHADY
19/7/2012 3:27:29
MI HOGAR
Starlight
26/9/2011 20:51:59
A MI ESPOSA Y MADRE
joseferchozamper
13/5/2012 1:40:09
MI PUEBLO
necoperata
3/11/2012 3:34:26
DESCANSA EN PAZ...
Claudia
1/8/2012 23:59:35
PROVERBIOS SUMERIOS
JoelFortunato
5/12/2012 3:35:09
Don Quijote de la Mancha
papajumed
10/10/2010 3:20:43
Me alegra haberte conocido
CaelumDraconis
24/7/2013 3:30:19