Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

25 usuario(s) en línea (16 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 0
Invitados: 25

más ....

Licencia

Licencia Creative Commons

Textos : 

A brincadeira de Brahma ( Esquete)

 


Quando a cortina abre vemos dezessete jovens com vestes simples e marrons. Eles parecem saudáveis e um deles é um pouco alto. Eles são filhos dos fazendeiros mais importantes da região. Um rapaz muito bonito e magnético aparece. É Krishna e os rapazes sorriem e olham um para o outro alegremente. Krishna está vestido como as pinturas mostram seu estilo.


Krishna- Meus bons rapazes estão prontos para ir ao lago? É sempre agradável conversar na frente do lago de Vrndavana que é alimentado pelas água do rio Ganges.

Um rapaz- Nosso amado Krishna estamos sempre prontos para estar na sua presença.

Krishna- Meu prazer é estar com todos. Vocês são parte de minha família. Meus brilhantes companheiros, na sua presença sinto-me como se estivesse diante do deus Ganesha.
Como poderia ficar mais contente?

Outro rapaz- Nosso brilhante e gracioso Krishna, nós todos nos sentimos como se você habitasse os nossos corações.

Krishna( sorrindo)- Fiquem aqui. Voltarei logo. ( Sai).


A cortina fecha e abre rapidamente. Todos os dezessete rapazes saíram. Um velho, cabelos prateados, alto e nu da cintura pracima está sentado em uma cadeira dourada. Ele é Brahma( Criador do Universo).



Brahma- preciso provar esse jovem, Krishna, as pessoas estão sempre dizendo que ele realiza milagres. Ele é apenas um menino. Ele não pode ser tão poderoso como Indra ou eu. Vou provar que não há ninguém como eu.



Krishna entra e percebe toda a brincadeira de Brahma. Ele apenas sorri e os dezessete rapazes reaparecem.

Krishna- Vocês estão muito bem, meus companheiros. Vamos conversar e tocarei música para todos. ( Eles saem).


Brahma vê o que Krishna fez. Ele fica assustado. Levanta-se e seu torna fica pálido.


Brahma- Como esse jovem fez isso? Fiz todos os dezessete jovens sumirem. É impossível quebrar meus poderes mágicos. Sou o criador de todas as coisas e seres vivos no Universo! Oh Mãe Lakshmi, oh Kali,o que está acontecendo?
Somos todos escravos da ilusão e karma. Hoje eu ofendi o Senhor Supremo. Preciso consertar isso.( Ele sai).


Krishna está sentado com seus amigos. Eles conversam animadamente e tomam água. Krishna se levanta.



Krishna- Fiquem aqui, meus amigos. Voltarei em um curto espaço de tempo.


Brahma entra no segundo plano. Krishna se senta no chão.


Brahma( cai aos pés de Krishna)- Oh meu Senhor Supremo! Ó Govinda! Perdoe-me, perdoe-me por minha estupidez. Você é Tudo. O Universo está em Sua cabeça e boca.
O som omkara saiu de Sua boca divina. Como pude ser tão estúpido em provar o Senhor Supremo? Perdoe-me Mestre. Perdoe-me. Mesmo a Sua ilusão atrai os santos e místicos yogis. Devemos nos fixar em Seus pés de lótus.

Krishna( pacífico)- Brahma, você foi criado por meu poder. Você gastou cem yugas apenas para conhecer minha forma pessoal. Você pensou hoje pela forma da ilusão que sai da minha pessoa. Tudo é meu e ninguém pode dizer que é dono dos filhos, vacas, bois e leite. Acalme-se e continue orando e pensando nos meus pés de lótus.

Brahma- Nunca vou me esquecer o que fiz hoje, Govinda. Abençoe minha mente e que eu possa clamar todo o tempo pensando nos Seus pés de lótus. Eu nunca vou parar de pensar sobre as Suas supremas habilidades. Você é o Supremo e somos todos seus servos.


Brahma se levanta e sai com a cabeça abaixada. Krishna pega sua flauta. Ele sai tocando-a.


Yo no soy un poeta, pensador, artista o cualquier otra persona que aman. Así que si mi escritura es que se puede llamar así, es sólo mía y de nadie más va a ir conmigo y cuando yo muera.

Poeta
wessouza
Poeta wessouza
Poemas del mismo poetaMás poemas
Rss del poetaRss del poeta
EstadísticasEstadísticas
 
Poema
Fecha 27/3/2012 20:52:26
Lecturas 526
Favoritos 0
Licencia Licencia Creative Commons
Enviar a un amigoEnviar
Versión imprimibleImprimir
Crea un documento PDF con el poemaCrear un pdf
Recientes
Insight perdido
35 haicais
Urano em Touro
Haikai 182
Haikai 181
Al azar
Haikai 119 (Seth)
Espejo de los sueños
Espíritu y el alma
Minhas palavras empoeiradas
La filosofia abierta
Los usuarios son responsables de sus propios comentarios.

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente

2 meses a tu lado
caz_master
11/5/2012 4:22:07
MI PUEBLO
necoperata
3/11/2012 3:34:26
EL NIÑO QUE LLEVAMOS DENTRO
Starlight
5/10/2011 0:13:44
Ato Contínuo
AJCardiais
12/8/2018 11:11:27
Tus lindos ojos
juank0905041
20/9/2013 17:14:33
MI HOGAR
Starlight
26/9/2011 20:51:59
A MI ESPOSA Y MADRE
joseferchozamper
13/5/2012 1:40:09
TU MIRADA...
RAMSHADY
19/7/2012 3:27:29
Fechando o Cerco
AJCardiais
29/7/2018 23:25:08
DESCANSA EN PAZ...
Claudia
1/8/2012 23:59:35