Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

14 usuario(s) en línea (11 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 0
Invitados: 14

más ....

Licencia

Licencia Creative Commons

Cartas : 

Reflexões do meu tempo- Comentários sobre a minha carta astrológica

 


27 de Novembro de 2011

Gostaria de comentar o meu mapa astral. Coloquei-o aqui, já li li e reli diversas vezes, mas, ainda não tive chance de comentá-lo. Acredito na Astrologia como uma fonte para nossas perguntas mais frequentes, não como uma ciência exata que querem fazer. Apesar dos comentários, o meu mapa natal continuará o mesmo. Só que, nem todas as qualidades ou defeitos do meu mapa se mostram na minha vida. Alguns aspectos jamais aparecerão, pois pertencem ao passado longínquo. Não vou consultar tudo, apenas as partes mais importantes.

Sol em Áries

" Ele possui uma personalidade forte e um espírito empreendedor. É ambicioso e tem força de vontade, é teimoso, obstinado e tenaz. É uma pessoa virada para o futuro".


Apenas espírito empreendedor e pessoa virada para o futuro coincidem. Não eu eu não tenha força de vontade, mas, ela sempre foi mais controlada.


Vênus em Gêmeos

" ... gosta de namoriscar, do " flirt" e do amor cerebral".

Nunca fui de namoriscar. Ao contrário, quando converso com as mulheres, é sempre uma conversa comum. Nada de galanteios. Quanto à amor cerebral, isso para mim nem mesmo existe.


Júpiter em Touro

Pontos fracos: Ele vive obcecado com a ideia de aumentar o seu patrimônio e ampliar os seus negócios. Tem demasiado desejo de possessão e de poder.

Nada disso acontece comigo.

47- Opo( Oposição) Marte- Ascendente


Aspecto negativo: Ele gosta de brigar, de criticar e é muito violento.

Detesto brigas e discussões. Se entro em brigas, logo me arrependo.. É como se eu fosse arrastado para elas. Já tentei até prometer a mim mesmo não brigar com pessoa alguma.


Yo no soy un poeta, pensador, artista o cualquier otra persona que aman. Así que si mi escritura es que se puede llamar así, es sólo mía y de nadie más va a ir conmigo y cuando yo muera.

Poeta
wessouza
Poeta wessouza
Poemas del mismo poetaMás poemas
Rss del poetaRss del poeta
EstadísticasEstadísticas
 
Poema
Fecha 28/11/2011 14:20:38
Lecturas 552
Favoritos 0
Licencia Licencia Creative Commons
Enviar a un amigoEnviar
Versión imprimibleImprimir
Crea un documento PDF con el poemaCrear un pdf
Recientes
Insight perdido
35 haicais
Urano em Touro
Haikai 182
Haikai 181
Al azar
Amor e batalha ( Incompleto)
Lira azul
Reflexões do meu tempo( Diário)
transición
Haikai 27
Los usuarios son responsables de sus propios comentarios.

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente

2 meses a tu lado
caz_master
11/5/2012 4:22:07
Tus lindos ojos
juank0905041
20/9/2013 17:14:33
TU MIRADA...
RAMSHADY
19/7/2012 3:27:29
MI HOGAR
Starlight
26/9/2011 20:51:59
A MI ESPOSA Y MADRE
joseferchozamper
13/5/2012 1:40:09
MI PUEBLO
necoperata
3/11/2012 3:34:26
DESCANSA EN PAZ...
Claudia
1/8/2012 23:59:35
PROVERBIOS SUMERIOS
JoelFortunato
5/12/2012 3:35:09
Olhares de Amores
AJCardiais
9/2/2018 18:50:06
Don Quijote de la Mancha
papajumed
10/10/2010 3:20:43