Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

53 usuario(s) en línea (33 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 0
Invitados: 53

más ....

Licencia

Licencia Creative Commons
Frases y Pensamientos : 

PUDESSE MANDAR NA VIDA

 
No pensamento cansado de tantos anos, no monte imaginário onde sentada vejo o caminho percorrido, na solidão sem ninguém, chamo por ti. Nunca te senti, nem te vi. Desejei-te, mas em vão. Hoje sabendo que nunca te verei ou sentirei, a revolta é enorme.
Vida perdida, sem finalidade no labirinto da esperança de que melhorasse, foi-se gastando o tempo e hoje batalho para com o inevitável e lágrimas que pensei já não ter jorram quentes dos meus olhos cansados.
Estranha esta minha maneira de ser, alerta e ciente do que sou, como mascarada em carnaval continuo, mostro o sorriso para os outros. Como eu há milhões, como eu sofrem revoltam-se com a indiferença dos que ainda não estão no monte a olhar o passado. Tanto perdi sem o ter, tanto vivi sem viver, tanto pensei ter, sem ter nada.
Vejo nos cabelos brancos que ainda ontem eram loiros de crianças, a crueldade da vida impiedosa, a cobrir-nos e nestes momentos, sei o que sou. Da vida quando acaba resta somente o amor que se teve e se deu, sem pensar que ninguém o queria.
Desgaste insano do corpo com tempo limitado. E onde estão os sonhos? Pequenos instantes de ilusão, paliativos do pouco tempo que se vive.
Consciência que sem desgaste sente e sabe num corpo que teima em querer viver eternamente como ainda fosse criança e no colo sentisse o calor de alguém que nos velou no sono e amparou.
Que me importava viver na velhice se pudesse ver o sol, sentir o seu calor, sentir a brisa roçar a minha pele. Recordar vendo fotografias de quem partiu e que me deixaram o elo forte do amor. O nunca ver como será no futuro os avanços, novidades, inventos, porque não mandamos na vida e ela é implacável e deixa-nos. E somos somente recordação eternamente. Para muitos, alguns ou nenhuns. Não importa, nunca o saberemos.
Embora sinta saudades, e pena de muita coisa que acabou, ainda posso ter os meus momentos envoltos em esquecimentos momentâneos e sentir a vida quase em plenitude.
Sou um beija flor, num jardim abandonado, na esperança que por arte mágica se torne florido.
Na calma inconsciência, onde não se sente o passar do tempo, nem o fim da vida, vive-se?
Talvez. Mas enquanto o pensamento voar por sombras ocas, de outrora, por afagos leves de mãos invisíveis, no calor do cantinho onde dormitamos e sonhamos, vive-se.

Porto,8 de novembro de 2019
Carminha Nieves


Escrbo para todos.El verano fué con el el sol las fiestas,la playa los amigos que encontramos en vacaciones,deseo que par el año o sea verano otra vez para todos,un abrazo a mis compañeros de Latino Poemas hasta siempre.
Carminha Nieves.

Poeta
secreet50
Poeta secreet50
Poemas del mismo poetaMás poemas
Rss del poetaRss del poeta
EstadísticasEstadísticas
 
Poema
Fecha 8/11/2019 15:57:51
Lecturas 71
Favoritos 0
Licencia Licencia Creative Commons
Enviar a un amigoEnviar
Versión imprimibleImprimir
Crea un documento PDF con el poemaCrear un pdf
Recientes
DIVAGANDO
PENSAMENTOS
PUDESSE MANDAR NA VIDA
SOU ASSIM NÃO TENHO CULPA
NO VENTO QUE PASSA,QUERIA AMAR-TE
Al azar
¿QUIEN ERES?
EL TIEMPO
ORO EN LA BASURA
EL ESPEJO INVISIBLE
Lo que se pude hacer
Los usuarios son responsables de sus propios comentarios.

Autor Hilo
JoelFortunato
Enviado: 13/11/2019 18:55  Actualizado: 13/11/2019 18:55
Incondicional
Incondicional
Avatar
Conectado: 23/6/2011
Desde:
Envíos: 8209
Icon Re: PUDESSE MANDAR NA VIDA
Muito obrigado por continuar a escrever sobre temas da vida. É importante e agradável continuar lendo suas publicações.
Paz e parabéns desejo-lhe a sua vida.

https://www.youtube.com/watch?v=kYJCk3MU-zU

Autor Hilo
secreet50
Enviado: 13/11/2019 19:04  Actualizado: 13/11/2019 19:04
Incondicional
Incondicional
Avatar
Conectado: 8/1/2009
Desde: españa portugal
Envíos: 1325
Icon Re: PUDESSE MANDAR NA VIDA
Un abrazo de corazón. Lo merece por su amistad

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente