Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

52 usuario(s) en línea (30 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 1
Invitados: 51

OlaHensley, más ....

Licencia

Licencia Creative Commons
Poemas : 

UM NOVO DESTINO

 
UM NOVO DESTINO

Acordemos todos acordes
Dos espíritos adormecidos
E que sejam as conversas
Intercaladas com silêncios

Silêncios qual sons puros
Invisíveis e tão límpidos
Silenciemos nosso íntimo.
Ousemos inverter o ouvir

Depuremos pois os tempos
Para verter novos destinos
Freiemos o ritmo alucinado
Que só vão dar em abismos.

Checar interesses e os fins
Noções que tragam a razão.
Caminhar claro que vamos
Não só navegar ser preciso

Não sejamos os primeiros a chegar
Com as mãos e os corações vazios
Sejamos os últimos desta triste sina,
Tranquilos indo para outros destinos

Mudando a chave e nosso intimo
Não tão acompanhados no início
A estrada é nova e pouca usada
Mas os corações estão surrados
Mas vão com amor e esperanças

Haverá uns e alguns outros
Que olharão então para trás
E de almas limpas irão sorrir
Pois há novo tempo surgindo
E um novo sol poderá brilhar

'A felicidade provém do nosso intimo, daquilo que sentimos dentro de nós mesmos' Roselis V. Sass (graal.org.br)


"A felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo" Roselis von Sass - www.graal.org.br

Poeta
hserpa
Poeta hserpa
Poemas del mismo poetaMás poemas
Rss del poetaRss del poeta
EstadísticasEstadísticas
 
Poema
Fecha 19/3/2019 20:17:55
Lecturas 113
Favoritos 0
Licencia Licencia Creative Commons
Enviar a un amigoEnviar
Versión imprimibleImprimir
Crea un documento PDF con el poemaCrear un pdf
Recientes
A BUSCA ETERNA DOS SONHOS
QUE A POESIA INSPIRE PAZ
O JARDIM DO AMOR
UM NOVO DESTINO
A FEIURA NO COMUNISMO E A BELEZA NA DEMOCRACIA
Al azar
A INFELICIDADE DE UNS FILÓSOFOS E OUTROS MORTAIS
SEGUINDO OS RIOS VAMOS
DA JANELA SEM GRADES
UMA POESIA LEVE
TRISTEZA, DEPRESSÃO, BIPOLARIDADE E A ESPIRITUALID
Los usuarios son responsables de sus propios comentarios.

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente