Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

37 usuario(s) en línea (23 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 1
Invitados: 36

AJCardiais, más ....

Licencia

Licencia Creative Commons
Poemas : 

CONTRASTES NA VIDA

 
CONTRASTES

Agora que moro no mato,
Eu que sempre fui do asfalto
Só com vivencias urbanas
Dos dias fugidios na correria
Das madrugadas quentes
Com brilhos tão frios.

Dos sinaleiros ditando o ir.
Das sirenes da policia e das
ambulâncias como algo normal.
Dos prédios que verticalizados
Deixam-nos sem horizontes.

Das esquinas nem tão escuras,
Mas que nos deixam 'ligados'
Das praças mal iluminadas
que só louco para atravessá-las.

Vejo-me chegando à cidade,
Já noite escura, com suas luzes
E os brilhos do depois da chuva.
Reflexos mil pelo asfalto laminado.
Letreiros iluminados por todo lado
Refletindo neste chão molhado.

Tenho a impressão que estou
Entrando num jogo virtual,
ou num jogo de gato e rato
Com as ilusões no comando
Ditando a ordem das emoções
Regadas à vinho e adrenalina.

Eu que saí da minha morada
De onde a escuridão da rua,
Alem de não despertar temor,
Nos chama para uma caminhada
e onde as pessoas me dão bom dia
E boa noite sorrindo, sem nunca
Terem me visto e eu fico encantado.

Então me vem à mente que
Não há como se reconhecer,
Da forma como se deveria,
A grande força criadora
Que rege toda a nossa vida

Estando sempre nas cidade
É muito difícil a fé se tornar real,
Pois um pai não pode sair na rua,
No meio de todo este agito, desta 
balburdia com tantas agonias
e dizer: 

'Filho este é o mundo que Deus criou.

Pois este não é o mundo que Deus criou.
Este é o mundo que o homem deformou.

'Conservai puro o foco dos vossos sentimentos, com isto estabelecereis a paz e sereis felizes' Abdruschin em 'Na luz da Verdade' - www.graal.org.br


"A felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo" Roselis von Sass - www.graal.org.br

Poeta
hserpa
Poeta hserpa
Poemas del mismo poetaMás poemas
Rss del poetaRss del poeta
EstadísticasEstadísticas
 
Poema
Fecha 17/10/2018 14:45:33
Lecturas 115
Favoritos 0
Licencia Licencia Creative Commons
Enviar a un amigoEnviar
Versión imprimibleImprimir
Crea un documento PDF con el poemaCrear un pdf
Recientes
A BUSCA ETERNA DOS SONHOS
QUE A POESIA INSPIRE PAZ
O JARDIM DO AMOR
UM NOVO DESTINO
A FEIURA NO COMUNISMO E A BELEZA NA DEMOCRACIA
Al azar
VENDO OS DIAS PASSAREM
SEGUINDO OS RIOS VAMOS
QUEM SOU QUEM SOMOS NÓS
O AMOR NOS GROTÕES
NA BUSCA DE RESPOSTAS
Los usuarios son responsables de sus propios comentarios.

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente

Inspiração à deriva
AJCardiais
14/5/2019 10:22:29
O meu coração
AJCardiais
30/9/2018 23:28:22
A nobreza de quem sabe sofrer
AJCardiais
29/12/2018 11:56:18
Obrigado Poeta
AJCardiais
4/11/2012 14:43:13
Outono/inverno
AJCardiais
24/5/2019 20:37:29
Amarnos sin tiempo...
miltinho
10/6/2019 6:39:04
A Irregularidade do ato
AJCardiais
16/10/2018 15:45:26
MI PUEBLO
necoperata
3/11/2012 3:34:26
Uma história de fezes (Fé, no plural)
AJCardiais
11/2/2016 19:45:20
Ensaio para coisas bobas
AJCardiais
28/5/2019 13:19:29