Latino-Poemas
¡Regístrese Ahora!     Conectarse

Consultar

Otros

Usuarios conectados

65 usuario(s) en línea (39 usuario(s) navegando Poemas y prosas)

Registrados: 0
Invitados: 65

más ....

Licencia

Licencia Creative Commons

Poemas : 

Nada de Novo

Etiquetas: Etiquetaspoemas   EtiquetasAJ Cardiais   Etiquetaspoesias   EtiquetasNada De Novo  
 
Nada de Novo
 
Esta manhã acordei
sombrio, cinzento...
Estava com frio,
mas não era
por causa do tempo.

Era um frio
que vinha de dentro.
Um sentimento de vazio
ou um vazio de sentimento.

A manhã também ajudava:
estava fria...
Tinha sol,
mas ainda não aquecia.

Miro a paisagem
procurando uma imagem
que me tire desse tema.
Não vejo nada de novo...
Então pego tudo e resolvo,
colocar num poema.

AJ Cardiais

imagem: google


Um poeta, um sonhador, um buscador, um hippie, um Anarquista... Sei lá! Um vagabundo, tentando melhorar o mundo.Open in new window

Poeta
AJCardiais
Poeta AJCardiais
Poemas del mismo poetaMás poemas
Rss del poetaRss del poeta
EstadísticasEstadísticas
 
Poema
Fecha 23/5/2013 13:01:25
Lecturas 715
Favoritos 0
Licencia Licencia Creative Commons
Enviar a un amigoEnviar
Versión imprimibleImprimir
Crea un documento PDF con el poemaCrear un pdf
Recientes
Te amo assim
Sentimento belo
Tudo longe
Um quase nada
Presos, fora das prisões
Al azar
O bobo da corte
Alquimia
Poema Vesátil
Foi bom, não foi?
Megalópole
Los usuarios son responsables de sus propios comentarios.

Etiquetas

Login

Nombre:

Contraseña:

Recordar



¿Recuperar la contraseña?

Regístrese

Comentarios recientes

Poemas más leídos recientemente

O desafio de viver junto
AJCardiais
3/1/2013 23:53:13
MI PUEBLO
necoperata
3/11/2012 3:34:26
Tus lindos ojos
juank0905041
20/9/2013 17:14:33
Experimentação ou possibilidades
AJCardiais
10/6/2012 18:06:56
A nobreza de quem sabe sofrer
AJCardiais
29/12/2018 11:56:18
muito além da carne e dos sentidos.
REHGGE
28/4/2016 21:57:36
Erudição
AJCardiais
25/4/2019 18:46:46
A irregularidade do ato
AJCardiais
16/10/2018 15:45:26
O meu coração
AJCardiais
30/9/2018 23:28:22
Obrigado poeta
AJCardiais
4/11/2012 14:43:13